sábado, 13 de junho de 2015

LITURGIA DO DÉCIMO PRIMEIRO DOMINGO COMUM

 
 
 
 11º DOMINGO Tempo Comum

Cor: Verde

        PRIMEIRA LEITURA     

Elevo a árvore baixa
 
Leitura da Profecia de Ezequiel 17,22-24

22Assim diz o Senhor Deus: 'Eu mesmo tirarei um galho da copa do cedro, do mais alto de seus ramos arrancarei um broto e o plantarei sobre um monte alto e elevado. 23Vou plantá-lo sobre o alto monte de Israel. Ele produzirá folhagem, dará frutos e se tornará um cedro majestoso. Debaixo dele pousarão todos os pássaros, à sombra de sua ramagem as aves farão ninhos. 24E todas as árvores do campo saberão que eu sou o Senhor, que abaixo a árvore alta e elevo a árvore baixa; faço secar a árvore verde e brotar a árvore seca. Eu, o Senhor, digo e faço'.

 Palavra do Senhor
 
 
 
 
Salmo - (Sl 91,2-3.13-14.15-16)      
 
R.Como é bom agradecermos ao Senhor.
 
2Como é bom agradecermos ao Senhor* e cantar salmos de louvor ao Deus Altíssimo! 3Anunciar pela manhã vossa bondade,* e o vosso amor fiel, a noite inteira.R.
 
13O justo crescerá como a palmeira,* florirá igual ao cedro que há no Líbano; 14na casa do Senhor estão plantados,* nos átrios de meu Deus florescerão.R.
 
15Mesmo no tempo da velhice darão frutos,* cheios de seiva e de folhas verdejantes; 16e dirão: 'É justo mesmo o Senhor Deus:* meu Rochedo, não existe nele o mal!'R.

 
 SEGUNDA LEITURA
 
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios (5,6-10)


Irmãos: 6Estamos sempre cheios de confiança e bem lembrados de que, enquanto moramos no corpo, somos peregrinos longe do Senhor; 7pois caminhamos na fé e não na visão clara. Mas estamos cheios de confiança e preferimos deixar a moradia do nosso corpo, para ir morar junto do Senhor. 9Por isso, também nos empenhamos em ser agradáveis a ele, quer estejamos no corpo, quer já tenhamos deixado essa morada. 10Aliás, todos nós temos de comparecer às claras perante o tribunal de Cristo, para cada um receber a devida recompensa - prêmio ou castigo - do que tiver feito ao longo de sua vida corporal.

 Palavra do Senhor.


EVANGELHO

Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos (4,26-34)

Naquele tempo: 26Jesus disse à multidão: 'O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. 27Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece. 28A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. 29Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou'. 30E Jesus continuou: 'Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? 31O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. 32Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra'. 33Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. 34E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.

 Palavra da Salvação








 

 

 

COMUNICADOS DA PARÓQUIA



   

MISSAS DOMINICAIS

 
As 7h – Missa na Catedral Diocesana

As 7h30 – Missa na Comunidade de Missão do Sahy

As 9h - Missa na Catedral Diocesana

As 10h – Batizados na Catedral

Às 10h – Celebração na Comunidade Brisas do Monte

As 11h – Missa no Carmelo

As 15h30 – Missa na Comunidade do Butiquinho

As 16h – Missa na Comunidade do Alto do Cigano

As 19h30 – Missa na Comunidade do Alto da Maravilha

As 19h30 – Missa na Catedral Diocesana

 

MISSAS DA SEMANA

 

Dia 16/06 – Terça-feira ............................    As 16h – Missa na Comunidade do Barro de Cima

                                                                       As 19h30 – Missa na Comunidade de Jibóia 
                                                                 
Dia 19/06 – Sexta-feira .........................       As 16h – Missa na Comunidade do Cazumba

Dia 20/06 – Sábado ...............................       As 17h – Missa na Comunidade do Itapicuru

                                                                        


OUTRAS PROGRAMAÇÕES:

 
·         Neste domingo 14/6, às 11h – Feijoada promovida pela Comunidade de Carrapichel – Objetivo: Reforma da Capela de Senhora Sant ´Ana e São Joaquim. Local: Restaurante do Idélcio.

·         A Diocese de Bonfim e Paróquia do Senhor do Bonfim agradece a colaboração dos grupos, movimentos e pastorais na realização da Solenidade de Corpus Christi e Festa do Sagrado Coração de Jesus.

 

FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS



               A Festa  do Sagrado Coração de Jesus é uma das três solenidades do Tempo Comum, dentro da Liturgia da Igreja católica, comemorada na segunda Sexta-feira, após a solenidade de Corpus Christi. Além disso, essa devoção também é cultivada pela Igreja Católica ao longo de todas as primeiras Sextas-feiras de cada mês. Consiste na veneração do Coração de Jesus , do mais íntimo de Seu Amor.
              Papa Pio XII fez as seguintes considerações:

 – “Todas as Bênçãos que, do Céu, a Devoção ao Sagrado Coração de Jesus derrama sobre as almas dos Fiéis, purificando-os, trazendo-lhes uma grata consolação celeste e exortando-os a alcançar todas as virtudes, são verdadeiramente inumeráveis.”
 – “A Igreja teve sempre em tal estima a Devoção ao Sagrado Coração de Jesus, e de tal modo continua a considerá-la, que se empenha totalmente no sentido de a manter florescente em todo o mundo, e de a promover por todos os meios possíveis.”

 – “O Seu Coração é o sinal natural e o símbolo do Seu Amor sem limites para com a humanidade.”

 

          A Paróquia do Senhor do Bonfim, como em todas paróquias e dioceses do Brasil, realizou neste dia 12/6, a grande Festa do Sagrado Coração de Jesus. A festa foi organizada com a participada com o Apostolado da Oração e conduzida por nosso Pastor Diocesano Dom Francisco Canindé Palhano e auxiliado pelos sacerdotes Pe. Darlan, Pe. Robson, Pe. Edvaldo e diácono Clayton.
 






 
          Considerando que estamos celebrando o ano das vocações e consagrações sacerdotais o tema central enfocou  " O Sacerdócio é o amor do coração de Jesus" conduzindo os fiéis colocarem a vida sacerdotal em suas intenções. Sendo assim, Dom Francisco em sua homilia, ressaltou a missão da vida sacerdotal.   



video
 
 
          Ainda em sua homilia, relatou breve histórico do Apostolado da Oração e sua missão na Igreja. Argumentou que uma destas missões é buscar os fiéis afastados da Igreja.
 
video
 
 
     A Festa foi encerrada com a entrega das medalhas aos novos integrantes do Aposto
 
MOMENTOS DA PROCISSÃO
 
          Conforme programação, realizou-se a Procissão saindo da Capela do Centro Educacional Sagrado Coração percorrendo ruas centrais e, logo após, chegando na Catedral Diocesana de Bonfim, foi celebrada a Missa Festiva transmitida pela Emissora Rádio Caraíba.




Pe. Darlan e Pe. Robson conduz procissão

                                                              
 
       MEMBROS DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO
 
 
ORAÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
 
          Meu Sagrado Coração de Jesus, em vós deposito toda confiança e esperança. Vós que sabeis tudo, Pai, o Senhor do Universo, Sois o Rei dos Reis, Vós que fizeste o cego ver, paralítico andar, o morto voltar a viver, o leproso sarar.
Vós que vedes as minhas aflições, as minhas angústias, bem sabeis, Divino Coração, como preciso alcançar esta graça: (pede-se a graça com fé); a minha conversa convosco me dá ânimo e alegria para viver, só de Vós espero com fé e confiança; (pede-se novamente a graça).
Fazei, Sagrado coração de Jesus, que antes de terminar esta conversa, dentro de nove dias, alcance esta tão grande Graça; e para Vós agradecer, divulgarei esta Graça para que os homens, aprendam a ter fé e confiança em Vós; iluminai os meus passos, Sagrado Coração de Jesus, assim como esta luz esta nos iluminando e testemunhando a nossa conversa. Sagrado Coração de Jesus, eu tenho confiança em Vós, Sagrado Coração de Jesus, aumente ainda mais a minha fé; Amém.