terça-feira, 21 de março de 2017

FORMAÇÃO PARA GRUPOS DE CANTO






A imagem pode conter: uma ou mais pessoas



      A Paróquia do Senhor do Bonfim convida grupos de cantos e salmistas, que cantam nas celebrações da Catedral Diocesana, para formação que acontecerá no Centro Catequético de acordo com a programação:

       *  DIA 28/3:

           - Servos da Luz
           - Comunidade Católica Shalom
           - RCC
           - Fratres
           - Missão Galileia
           - Jesus Misericordioso

       * DIA 30/3:

          - Ágape
          - Terço de Maria com os Homens
          - Pastoral Familiar
          - Santa Luzia
          - Fraternidade Eucarística Padre Pierre Vigne
         
       * DIA 5/4:
     
       - Vicentinos
       - Missionários Leigos
       - Apostolado da Oração
       - Movimento de Cursilhos de Cristandade
       - Coral Nossa Senhora de Fátima

     * DIA 6/4:

      - Alcione
      - Junior
      - Ministros Extraordinários da sagrada Comunhão
      - Vozes da Perseverança 
     
          
         
                                                                                          





 

sábado, 18 de março de 2017

TERCEIRA SEMANA DA QUARESMA - AVISOS



MISSAS DOMINICAIS

7h, 9h e 19h30 – Missa na Catedral
10h: Batizados
11h:  Missa no Carmelo
16h: Missa na Comunidade de Tijuaçu
16h: Missa   na Comunidade de Missão do  Sahy


MISSAS DAS COMUNIDADES
                                
Segunda-feira, 20 de março ........As 18h – Missa no Pernambuquinho

Terça-feira, dia 21 de março......  As 16h – Missa na Comunidade do Barro de Cima
                                                                    As 19h30 – Missa na Comunidade de Jibóia I
                                                                    As 19h30 – Missa com unção dos enfermos na Olaria

Quarta-feira, dia 22 de Março .....As 19h30 – Missa na Comunidade do Buriá

Quinta-feira, dia 23 de Março ......As 18h30 – Missa com unção dos enfermos no Alto da 
Maravilha

Sexta-feira, dia 24 de Março..... As 16h – Missa na Comunidade de Várzea do Mulato
                                                   As 18h30 – Missa com unção dos enfermos na Comunidade
                                                                     do Alto do Cigano                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                       
Outros avisos:

·         A Comunidade Católica Shalom promoverá, no Colégio Teixeira de Freitas, Seminário para casais com a seguinte programação:
- Dia 31/3, às 18h,
- Dia 1/4  às 14h;
- Dia 2/4 durante todo o dia
Obs: participação gratuita.

·         Acontece às sextas-feiras, às 18h30, na Catedral Diocesana, as via sacras. Na próxima sexta-feira, será de responsabilidade da Pastoral Familiar.

sexta-feira, 17 de março de 2017

TUDO O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE A QUARESMA

O QUE É A QUARESMA?
Chamamos Quaresma o período de quarenta dias reservado a preparação da Páscoa, e indicado pela última preparação dos catecúmenos que deveriam receber nela o batismo.



DESDE QUANDO SE VIVE A QUARESMA?
Desde o século IV se manifesta a tendência para constituí-la no tempo de penitência e de renovação para toda a Igreja, com a prática do jejum e da abstinência. Conservada com bastante vigor, menos em um princípio, nas igrejas do oriente, a prática penitencial da Quaresma vem sido cada vez maior no ocidente, mas deve se observar um espírito penitencial e de conversão.
POR QUE A QUARESMA NA IGREJA CATÓLICA?
“A Igreja se une todos os anos, durante os quarenta dias da Grande Quaresma, ao Mistério de Jesus no deserto” (n. 540).
QUAL É, PORTANTO, O ESPÍRITO DA QUARESMA?
Deve ser como um retiro coletivo de quarenta dias, durante os quais a Igreja, propondo a seus fiéis o exemplo de Cristo em seu retiro no deserto, se prepara para a celebração das solenidades pascoais, com a purificação do coração, uma prática perfeita da vida cristã e uma atitude penitencial.
O QUE É A PENITÊNCIA?
A penitência, tradução latina da palavra grega que na Bíblia significa a conversão (literalmente a mudança do espírito) do pecador, designa todo um conjunto de atos interiores e exteriores dirigidos a reparação do pecado cometido, e o estado de coisas que resulta dele para o pecador.
Literalmente mudança de vida, se diz do ato do pecador que volta para Deus depois de haver estado longe Dele, ou do incrédulo que alcança a fé.
QUE MANIFESTAÇÕES TEM A PENITÊNCIA?“A penitência interior do cristão pode ter expressões muito variadas. A Escritura e os Padres insistem sobre tudo em três formas: o JEJUM, a oração, a missa, que expressam a conversão com relação a si mesmo, com relação a Deus e com relação aos demais. Junto a purificação radical operada pelo Batismo ou pelo martírio, citam, como meio de obter o perdão dos pecados, os esforços realizados para reconciliar-se com o próximo, as lágrimas de penitência, a preocupação pela salvação do próximo, a intercessão dos santos e a prática da caridade “porque a caridade cobre a multidão dos pecados” (1 Pedro, 4,8.).” (Catecismo Igreja Católica, n. 1434).
SOMOS OBRIGADOS A FAZER PENITÊNCIA?
“Todos os fiéis, cada um a seu modo, estão obrigados pela lei divina a fazer penitência; não obstante, para que todos se unam em alguma prática comum de penitência, se fixaram uns dias de penitência para os fiéis que se dedicam de maneira especial a oração, realizam obras de piedade e de caridade e se negam a si mesmos, cumprindo com maior fidelidade suas próprias obrigações e, sobre tudo, observando o jejum e a abstinência.” (Código de Direito Canônico, c. 1249).
QUAIS SÃO OS DIAS E TEMPOS PENITENCIAIS?
“Na Igreja universal, são dias e tempos penitenciais todas as Sextas-feiras do ano e o tempo de quaresma.” Código de Direito Canônico, c. 1250).
QUE DEVE SE FAZER TODAS AS SEXTAS-FEIRAS DO ANO?
Em lembrança do dia em que Jesus morreu na Santa Cruz, “todas as sextas-feiras, a não ser que coincidam com uma solenidade, deve se fazer a abstinência de carne, ou de outro alimento que seja determinado pela Conferência Episcopal; jejum e abstinência se guardarão na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira Santa.” (Código de Direito Canônico, c. 1251).
QUANDO É A QUARESMA?A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina imediatamente antes da Missa Vespertina no Domingo de Páscoa . Todo este período forma uma unidade, podendo-se distinguir os seguintes elementos:
A Quarta-feira de Cinzas.
Domingo de Ramos da Paixão do Senhor.
A Missa Crismal.
As férias.
O QUE É QUARTA-FEIRA DE CINZAS?
É um princípio da Quaresma; um dia especialmente penitencial, em que manifestamos nosso desejo pessoal de CONVERSÃO a Deus.
Quando vamos aos templos em que nos impõem as cinzas, expressamos com humildade e sinceridade de coração, que desejamos nos converter e crer de verdade no Evangelho.
QUANDO TEVE ORIGEM A PRÁTICA DAS CINZAS?
A origem da imposição da cinza pertence a estrutura da penitência canônica. Começou a ser obrigatória para toda a comunidade cristã a partir do século X. A liturgia atual conserva os elementos tradicionais: imposição da cinza e jejum rigoroso.
QUANDO SE ABENÇOA E SE IMPÕEM A CINZA?
A benção e a imposição da cinza tem lugar dentro da Missa, após a homilia; embora em circunstâncias especiais, se pode fazer dentro de uma celebração da Palavra. As formas de imposição da cinza se inspiram na Escritura: Gn, 3, 19 e Mc 1, 15.
DE ONDE PROVEM A CINZA?
A cinza procede dos ramos abençoados no Domingo da Paixão do Senhor, do ano anterior, seguindo um costume que se remonta ao século XII. A forma de benção faz relação a condição pecadora de quem a recebeu.
QUAL É O SIMBOLISMO DA CINZA?
O simbolismo da cinza é o seguinte:
Condição fraca do homem, que caminha para a morte;
Situação pecadora do homem;
Oração e súplica ardente para que o Senhor os ajude; Ressurreição, já que o homem está destinado a participar no triunfo de Cristo;
A QUE NOS CONVIDA A IGREJA NA QUARESMA?
A Igreja persiste nos convidando a fazer deste tempo como um retiro espiritual em que o esforço de meditação e de oração deve ser sustentado por um esforço de mortificação pessoal cuja medida, a partir deste mínimo, permanece a liberdade e generosidade de cada um.
O QUE DEVE SE CONTINUAR VIVENDO NA QUARESMA?
Se vive bem a Quaresma, deverá se alcançar uma autêntica e profunda CONVERSÃO pessoal, preparando-nos, deste modo, para a maior festa do ano: o Domingo da Ressurreição do Senhor.
O QUE É A CONVERSÃO?
Converter-se é reconciliar-se com Deus, apartar-se do mal, para estabelecer a amizade com o Criador.
Supõe e inclui deixar o arrependimento e a Confissão (ver o Guia da Confissão) de todos e cada um de nossos pecados.
Uma vez em graça (sem consciência de pecado mortal), temos de mudar desde dentro (em atitudes) tudo aquilo que não agrada a Deus.
POR QUE SE DIZ QUE A QUARESMA É UM “TEMPO FORTE” E UM “TEMPO PENITENCIAL?
“Os tempos e os dias de penitência ao largo do ano litúrgico (o tempo de QUARESMA, cada Sexta-feira em memória da morte do Senhor) são momentos fortes da prática penitencial da Igreja. Estes tempos são particularmente apropriados para os exercícios espirituais, as liturgias penitenciais, as peregrinações como sinal de penitência, o jejum, a comunhão cristã de bens (obras caritativas e missionárias).” (Catecismo Igreja Católica, n. 1438)
COMO CONCRETIZAR MEU DESEJO DE CONVERSÃO?
De diversas maneiras, mas sempre realizando obras de conversão, como , por exemplo:
Ir ao Sacramento da Reconciliação (Sacramento da Penitência ou Confissão) e fazer uma boa confissão: clara, concisa, concreta e completa.
Superar as divisões, perdoando e crescer em espírito fraterno.
Praticando as Obras de Misericórdia.
QUAIS SÃO AS OBRAS DE MISERICÓRDIA?As Obras de Misericórdia espirituais são:
Ensinar ao que não sabe.
Dar bons conselhos ao que necessita.
Corrigir ao que erra.
Perdoar as injúrias.
Consolar ao triste.
Sofrer com paciência as adversidades e fraquezas do próximo.
Rogar a Deus pelos vivos e pelos mortos
As Obras de Misericórdia corporais são:
Visitar ao enfermo.
Dar de comer ao faminto.
Dar de beber ao sedento.
Socorrer ao cativo.
Vestir ao desnudo.
Dar abrigo ao peregrino.
Enterrar a os mortos.
QUE OBRIGAÇÕES TEM UM CATÓLICO EM QUARESMA?
Tem que cumprir com o preceito do JEJUM e a ABSTINÊNCIA, assim como a CONFISSÃÓ e COMUNHÃO anual.



EM QUE CONSISTE O JEJUM?
O JEJUM consiste em fazer uma única refeição ao dia, sendo que se pode comer algo menos que o de costume pela manhã e a noite. Não se deve comer nada entre os alimentos principais, salvo em caso de doença.
A QUEM SE OBRIGA O JEJUM?
Se obriga a viver a lei do jejum, todos os maiores de idade. (cfr. CIC, c. 1252).
O QUE É A ABSTINÊNCIA?
Se chama abstinência a proibição de comer carne (vermelha ou branca e seus derivados).
A QUEM SE OBRIGA A ABSTINÊNCIA?
A lei da abstinência se obriga aos que já tem catorze anos.(cfr. CIC, c. 1252).
PODE SER MUDADA A PRÁTICA DA ABSTINÊNCIA?
“A Conferência Episcopal pode determinar com mais detalhes o modo de observar o jejum e a abstinência, assim como substituirmos em parte por outras formas de penitência, sobre tudo por obras de caridade e práticas de piedade.” (Código de Direito Canônico, c. 1253).
O QUE IMPORTA DE VERDADE NO JEJUM E NA ABSTINÊNCIA?
Deve se cuidar no viver o jejum ou a abstinência com alguns mínimos, mas como uma maneira concreta como a que nossa Santa Mãe Igreja nos ajuda a crescer no verdadeiro espírito de penitência.
QUE ASPECTOS PASTORAIS CONVÊM RESSALTAR NA QUARESMA?
O tempo de Quaresma é um tempo litúrgico forte, em que toda a Igreja se prepara para a celebração das festas pascais. A Páscoa do Senhor, o Batismo e o convite a reconciliação, mediante o Sacramento da Penitência, são suas grandes coordenadas.
Se sugere utilizar como meios de ação pastoral:
A catequese do Mistério Pascal e dos sacramentos;
A exposição e celebração abundante da Palavra de Deus, como aconselha vivamente o cânon. 767, & 3, 3).
A participação, se possível diária, na liturgia quaresmal, nas celebrações penitenciais e, sobre tudo, na recepção do sacramento da penitência: “são momentos fortes na prática penitencial da Igreja” (CEC, n. 1438), fazendo notar que “junto as conseqüências sociais do pecado, detesta mesmo o pecado enquanto é ofensa a Deus”;
O desenvolvimento dos exercícios espirituais, as peregrinações, como penitência assinam, as privações voluntárias como o jejum, a caridade, as obras beneficentes e missionários.

 Fonte: http://pt.aleteia.org

sábado, 11 de março de 2017

2ª SEMANA DA QUARESMA - AVISOS




MISSAS DOMINICAIS

7h, 9h e 19h30 – Missa na Catedral
7h30: Missa na Comunidade de Cazumba
10h: Batizados
11h:  Missa no Carmelo
16h: Missa na Comunidade do Alto do Cigano
18h: Missa na Comunidade  de Missão do Sahy
19h30: Missa na Comunidade do Alto da Maravilha


MISSAS DAS COMUNIDADES

Terça-feira, dia 14 de março.........    As 16h – Missa na Comunidade de Varzinha

Quarta-feira, dia 15 de Março ......   Ás 16h  - Misa na Comunidade de Lage
                                                         Ás 17h – Missa na Comunidade do Cruzeiro

Sexta-feira, dia 17 de Março.......... As 17h – Missa na Comunidade de Tanquinho       

Sábado, dia 18  de  Março .........   Às 17h – Missa na Comunidade do Itapicurú

                                                       As 19h30–Missa na Comunidade de Limões                                                                                                                                                                                                                                                                                    

Outros avisos:

·         Dia 13/3, às 12h, na Catedral Diocesana, será realizada a recitação do Terço com Maria sob responsabilidade do ECC e Pastoral Familiar;
·         Comunicamos a todas as zeladoras de Mãe Rainha, que no próximo dia 18/3 (sábado), as capelinhas deverão ser conduzidas até a Catedral Diocesana.

domingo, 5 de março de 2017

05 DE MARÇO DE 2017 – 1º DOMINGO DA QUARESMA



MISSAS DOMINICAIS

7h, 9h e 19h30 – Missa na Catedral
10h: Batizados
11h:  Missa no Carmelo
18h: Missa em Missão do Sahy
19h30: Missa no Santos Dumont


MISSAS DAS COMUNIDADES
                                
Terça-feira, dia 07 de março........     As 16h – Missa na Comunidade do Mamão  
                                                                      
Quarta-feira, dia 08 de março.......  Às 16h – Missa na Curandeira

Sexta-feira, dia 10 de março.......  Às 16h – Missa na Comunidade de Jibóia I
                                                           
Sábado, dia 11 de março...........  Às 19h30 – Missa na Comunidade do Derba
                                                          

                                                                                                         
Outros avisos:

* Padre Darlan, convida a todos os consagrados a Nossa Senhora para um encontro no dia 07 de março (terça-feira) ás 19:30 na Catedral Diocesana, para a preparação da campanha do terço em família.

·     * Lembramos que haverá reunião no próximo sábado dia 11/03 às 14h para o Grupo de Mãe Rainha e suas zeladoras na comunidade Kolping

quarta-feira, 1 de março de 2017

QUAL O SENTIDO DA QUARTA FEIRA DE CINZAS?


A Quarta-feira de Cinzas foi instituída há muito tempo na Igreja; marca o início da Quaresma, tempo de penitência e oração mais intensa. Para os antigos judeus se sentar sobre as cinzas já significava arrependimento dos pecados e volta para Deus. As Cinzas bentas e colocadas sobre as nossas cabeças nos fazem lembrar que vamos morrer; que somos pó e que ao pó da terra voltaremos (cf. Gn 3, 19) para que nosso corpo seja refeito por Deus de maneira gloriosa para não mais perecer.



A intenção deste sacramental é levar-nos ao arrependimento dos pecados, marcando o início da Quaresma; e fazer-nos lembrar que não podemos nos apegar a esta vida achando que a felicidade plena possa ser construída aqui. É uma ilusão perigosa. A morada definitiva é o céu.
A maioria das pessoas, mesmo os cristãos, passa a vida lutando para “construir o céu na terra”. É um grande engano. Jamais construíremos o céu na terra; jamais a felicidade será perfeita no vale em que o pecado transformou num vale de lágrimas. Devemos, sim, lutar para deixar a vida na terra cada vez melhor, mas sem a ilusão de que ficaremos sempre aqui.
Deus dispôs tudo de modo que nada fosse sem fim aqui nesta vida. Qual seria o desígnio do Senhor nisso? A cada dia de nossa vida temos de renovar uma série de procedimentos: dormir, tomar banho, alimentar-nos, etc… Tudo é precário, nada é duradouro, tudo deve ser repetido todos os dias. A própria manutenção da vida depende do bater interminável do cora­ção e do respirar contínuo dos pulmões. Todo o organismo repete, sem cessar, suas operações para a vida se manter. Tudo é transitório… nada eterno. Toda criança se tornará um dia adulta e, depois, idosa. Toda flor que se abre logo estará murcha; todo dia que nasce logo se esvai… e assim tudo passa, tudo é transi­tório.
Texto retirado de: http://formacao.cancaonova.com

RENASCER 2017


Nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro a Comunidade Católica Shalom realizou em diversas cidades do país o Renascer. Aqui em nossa Diocese o Encontro aconteceu no Centro Diocesano de Pastoral Nossa Senhora de Lourdes.

A proposta do Renascer é ser um carnaval diferente, cuja alegria não acaba na Quarta-feira de Cinzas. A programação contou com palestras, cursos, Seminário de Vida no Espírito Santo e atrações artísticas a exemplo do Espetáculo o Canto das Irias e atrações musicais como o DJ Anjinho na Noite Neon. No retiro todos foram agraciados com a presença de padres para confissão, além de ministros de oração e aconselhamento.

E para o Renascer 2017 teve tema central, “Alegra-te! ”, foi escolhido pela Comunidade Católica Shalom para lembrar a os 300 anos da Aparição da Imagem de Nossa Senhora Aparecida e o Ano Mariano Nacional.

A saudação de alegria do anjo a Maria nos remete a passagem escrita no Evangelho de São lucas  Lucas capitulo 1 quando Izabel fora visitada pela Virgem: 
Quando me deste a tua saudação, no momento em que ouvi a tua voz, o menino saltou de alegria dentro de mim! És feliz por teres crido que Deus cumpriria as coisas que te foram ditas.”  
Repercute também em cada um de nós. São Bernardo, comentando sobre o momento do anúncio do Anjo a Virgem Maria escreveu que:
“Acabas de entender, ó Virgem, a maravilha que se deve realizar e o modo como vai realizar-se; uma e outra coisa não podem senão lançar-te num estado simultaneamente de admiração e de alegria. “Alegra-te grandemente, filha de Sião, grita jubilosa, filha de Jerusalém”(Zc 9,9), pois que entendeste a palavra de júbilo e de alegria, que nos seja outorgado, a nós também, de ouvir a feliz resposta que esperamos, a fim de que “exultem de alegria nossos ossos humilhados…(Sl 50,10)”. São Bernardo, Louvores à Virgem Maria, homilia IV,8,PL,183,83-84 .


Foram Dias...

...de extrema presença do Espirito Santo


... de entrega



... de conversões


 ... do sabor da verdadeira felicidade

subsídios para o texto retirado de:
 http://www.comshalom.org
Entrevista com o Responsável local pela Missão de Senhor do Bonfim (Wedson)

MAIS FOTOS NO FACEBOOK DA PASCOM!
É SÓ CLICAR

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

02 DE FEVEREIRO DE 2017 DIA DE APRESENTAÇÃO DO SENHOR e 42 ANOS DE ORDENAÇÃO PRESBITERAL DE DOM FRANCISCO CANINDÉ


DIA DE APRESENTAÇÃO DO SENHOR AO TEMPLO
E PURIFICAÇÃO DE NOSSA SENHORA


42 ANOS DE ORDENAÇÃO PRESBITERAL DE DOM FRANCISCO CANINDÉ PALHANO


De vela nas mãos e abençoadas por Dom Francisco Canindé - Bispo Diocesano, nossa Paróquia relembrou o dia da apresentação do Senhor ao Templo e a Purificação de Nossa Senhora.


Nesta ocasião, nossa Diocese de Bonfim também celebrou os 42 anos de ordenação Sacerdotal do Bispo Dom Francisco Canindé Palhano com Santa Missa em ação de ação graças pela sua vida e seu ministério.

Missa em que o mesmo Dom Francisco presidiu, este nos diz que aquele dia da apresentação do Senhor e purificação de Nossa Senhora era momento de reflexão na Santíssima Virgem que recebe denominações como: N. Sra. das Candeias, N. Sra. dos Navegantes, N. Sara da Luz. Pois, Nossa Senhora apesar de ser a própria luz, ela reflete a luz do Astro Rei que é seu filho Jesus Cristo.

Ainda na sua preleção Dom Francisco se recorda quando ainda em Rio Grande do Norte recebeu pelas mãos do seu Bispo o segundo grau da Ordem, lembra ainda que esses 42 anos foi de inteira dedicação a Igreja fazendo aquilo que o Senhor lhe confiou, seja qual tenha sido o serviço (citando os diversos locais e funções que já serviu) ele obedeceu, assim como obedeceu ao chamado para ser Bispo desta Diocese.

Dom Francisco agradeceu a todos que passaram por sua vida, especialmente a seus pais. Naquela noite o Revmo. Bispo quis se consagrar inteiramente a Nossa Senhora e pediu que ela o ajude ser luz para seu rebanho, não por ter luz própria, mas por receber a luz de Cristo.



 Jesus, Sumo e Eterno Sacerdote, conservai os vossos sacerdotes  sob a proteção do Vosso Coração Amabilíssimo, onde nada de mal lhes possa suceder. Conservai puros e desapegados dos bens da terra os seus corações, que foram selados com o caráter sublime do Vosso Glorioso Sacerdócio. Fazei-nos crer no seu amor e fidelidade para Convosco e preservai-os do contágio do mundo. Dai-lhes também, juntamente com o poder que têm de transubstanciar o pão e o vinho em Vosso Corpo e Sangue, o poder de transformar os corações dos homens. Abençoai os seus trabalhos com copiosos frutos e concedei-lhes um dia a coroa da vida eterna”.
Santa Terezinha




O que é apresentação do senhor ao templo E a purificação de Nossa Senhora?



A Igreja nos revela com clareza o sentido profundo da Apresentação de Jesus no Templo de Jerusalém, algo que era previsto para todo primogênito do sexo masculino. O menino era consagrado a Deus, mas para leva-lo de volta para casa os pais deviam deixar como que um “resgate”, um boi, uma ovelha ou um casal de pombos para os pobres. Os pais de Jesus pagaram também esse resgate, mas sabiam que era só por um pouco de tempo, pois esse Menino seria o Messias de Deus, o enviado para salvar a humanidade. Ele só voltaria ao mundo para salvar o mundo.
A apresentação de Jesus no Templo mostra-o como o Primogênito pertencente ao Senhor. Com Simeão e Ana, é toda a espera de Israel que vem ao encontro de seu Salvador. Jesus é reconhecido como o Messias tão esperado, “Luz das nações” e “Glória de Israel”, mas também “sinal de contradição”. A espada de dor predita a Maria anuncia esta outra oblação, perfeita e única, da Cruz, que dará a salvação que Deus “preparou diante de todos os povos”. (§ 529)
Vemos ai o destino messiânico de Jesus. “Quando se cumpriu o tempo da sua purificação, segundo a lei de Moisés, levaram-no a Jerusalém para O apresentarem ao Senhor, conforme está escrito na lei de Deus: Todo o primogênito varão será consagrado ao Senhor e para oferecerem em sacrifício, como se diz na lei do Senhor, um par de rolas ou duas pombinhas” (Lc. 2, 22-24).
Maria e José obedecem a vontade de Deus, de maneira simples e oculta. Na Casa do Senhor, o Filho de Deus humanado é consagrado a Seu Pai. Ele é o verdadeiro Cordeiro, que vai “tirar o pecado do mundo” (Jo 1,29).
Neste dia fazia-se também a “purificação” da mãe, após o parto, prescrita pela lei. Não se tratava de purificar a consciência de Nossa Senhora, Virgem Imaculada, de alguma mancha de pecado, mas somente de readquirir a pureza ritual. Segundo as ideias do tempo, a mulher era atingida pelo simples fato do parto, sem que houvesse alguma culpa.
No Templo José e Maria encontram-se com Simeão, “homem justo piedoso, que esperava a consolação de Israel” (Lc. 2, 25). “O Espírito Santo estava nele” e “tinha-lhe revelado que não morreria antes de ter visto o Messias do Senhor” (2, 26). Simeão, “impelido pelo Espírito” (Lc. 2, 27), tomando o Menino nos braços, bendiz a Deus: “Agora, Senhor, podes deixar o Teu servo partir em paz, segundo a Tua palavra” (Lc. 2, 29).

Fonte: http://cleofas.com.br/

MAIS FOTOS NO FACEBOOK DA PASCOM

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

42 ANOS DE ORDENAÇÃO DE DOM FRANCISCO CANINDÉ PALHANO

CONVITE PARA SANTA MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS AOS 42 ANOS DE ORDENAÇÃO PRESBITERAL DE DOM FRANCISCO CANINDÉ PALHANO.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

30/01/2017 MISSA E FORMAÇÃO SOBRE A OBRA DAS VOCAÇÕES SACERDOTAIS - OVS

É de grande urgência, sobretudo hoje, que se difunda e se radique a convicção de que todos os membros da Igreja, sem exceção, tenham a graça e o encargo de cuidar das vocações”, anunciou São João Paulo II em março de 1992.


E foi neste intuito que Dom Francisco Canindé Palhano convidou os grupos, movimentos, pastorais, todas as expressões apostólicas a para uma Santa Missa no último dia 30 de janeiro, onde também foi uma oportunidade de aprofundamento e escuta sobre o “irrevogável dom e chamado de Deus” (Rm11,29).

Nesta ocasião privilegiada os Paroquianos participaram da Celebração presidida pelo Revmo. Padre Sérgio Santana da diocese de Nazaré da Mata/PE a qual é referencia no trabalho em apoio as Vocações e concelebrada por Pe. Robson da Paróquia de São Gonçalo do Amarante – Caém/BA que atualmente é o Coordenador do Propedêutico. Pe. Sérgio veio esclarecer a todos sobre a Obra das Vocações Sacerdotais - OVS, sua importância para a igreja e para os vocacionados.




Em sua fala Pe. Sérgio nos disse que o trabalho da OVS é orar constantemente pelos vocacionados e apoiar a manutenção dos seminaristas.

A Paróquia que tem um Padre alimentado na sua vida espiritual tem ao seu dispor confissão, batismo, Eucaristia, aconselhamentos, apoio nos momentos que mais precisam, etc. A Diocese de Bonfim tem uma grandiosidade territorial e a Paróquia do Senhor do Bonfim deve ser a mãe da Diocese, em que cada grupo, movimento, pastoral deve ter algum membro que alimente a OVS e assim consiga levar a cada canto necessitado a presença de um sacerdote.

Apresentou-nos seis vocacionados e lembrou ainda dos dezoito jovens que estão em outros estágios como Albeci que está fazendo Estágio Pastoral em Mirangaba, Cenivaldo que está fazendo Estágio Acadêmico e o Diácono Luan Saldanha que em breve deverá receber o segundo grau da ordem. Enfatizou a importância de sustentar e fortalecer essas vocações através do apoio concreto e da oração.



Ainda nos convidou a refletir que Deus chama, Deus providencia e nessa Paróquia Deus tem sido providencial com tantos jovens atendendo ao seu chamado e a OVS é a via de regra que Deus tem colocado para trazer pastores para nós.

Pe. Sérgio convidou diante da Mesa da Eucaristia os Paroquianos representados através de Pastorais, grupos, movimentos a assumir a função de Zelador da OVS e assim ser referência nessa empreitada. Naquele momento também foi apresentado a equipe responsável por atuar na OVS de maneira Diocesana (Neide Rios, Adonias Urbano, Cleuza Damasceno e Ageu Damasceno e agregado mais membros que se dispuseram a atuar aqui na nossa Paróquia.

Diante disso, queremos convidar  todos a rezarem por nossos Seminaristas e vocacionados e entender a importância de colaborar de forma concreta com essas vocações, pois a oferta que esses jovens darão para as comunidades que os receberem ao ingressarem no serviço presbiteral será muito maior e podemos lembrar-nos disso citando Pe. Antônio Maria em seu tributo aos Padres que diz:

 “Padre que bom que você apareceu trazendo em seu canto mensagens que nos levam a Deus, Padre o amor de Cristo em nós você fez reviver”

E reforçado pela canção de padre Zezinho intitulada de O Padre que diz:

“ A comunidade onde vive um Padre o povo vive mias feliz”.


ATENÇÃO:

·        *  Significado de Propedêutico: Introdutório, Preliminar;

·         * A Igreja Católica Apostólica Romana criou os seminários propedêuticos, com a missão de introduzir o candidato ao sacerdócio para os seguintes cursos: Filosofia e Teologia.